SABORES DA TERRA REUNIU 6 MIL PESSOAS NO PARQUE ECOLÓGICO DE INDAIATUBA

Cartão postal da cidade recebeu pela primeira vez evento gastronômico que contou com a presença do famoso chef Ivan Achcar

Para comemorar seu primeiro ano na cidade onde nasceu o evento, o Festival Gastronômico Itinerante Sabores da Terra fez uma grande festa de encerramento dias 15 e 16 de julho. O local escolhido foi o Parque Ecológico, ao lado da Concha Acústica, o mais importante parque urbano do município com 15 km de extensão. Inaugurado em 1992, o Parque foi planejado originalmente pelo arquiteto e urbanista Ruy Ohtake. “É a primeira vez que um evento gastronômico aconteceu nesse espaço. Ficamos muito felizes com essa possibilidade e agradecidos por receber esse apoio da Prefeitura Municipal de Indaiatuba, num local que é um cartão postal”, afirma Renata Tannuri Meneghetti idealizadora do festival.

A festa foi uma celebração do festival que é sucesso absoluto e contou com a presença do chef Ivan Achcar, ex-jurado do reality show Cozinheiros em Ação do canal GNT, onde ficou conhecido pelo bordão “esse prato eu comeria em quantidades absurdas”. Bordão esse, que deu origem ao livro “Quantidades Absurdas” lançado em 2015. Ivan fez uma aula-show aberta no sábado e encantou a plateia esbanjando talento ao mexer seus “tachos” e preparando uma deliciosa receita com ingredientes bem brasileiros.

Durante os dois dias de evento, o público pode desfrutar de boa gastronomia acompanhada de cervejas artesanais. Foram mais de 20 barracas com expositores entre chefs e produtores e 5 Beer Trucks com cervejarias artesanais. A festa foi uma diversão para a toda a família, com um amplo espaço kids contendo brinquedos infláveis, pipoca e churros e um parque de diversões gastronômico e cervejeiro para os adultos. 

Produtos in natura puderam  ser adquiridos diretamente do produtor num contato valioso. É uma premissa do evento valorizar o intercâmbio entre o cozinheiro e o produtor rural, um dos pilares do festival que incentiva o movimenta do slow food. Dentre os produtores o visitante poder encontrar mel do Apiário Itaici, os produtos feitos com jabuticaba da Maria Preta, linguiça artesanal da Serra Mineira, produtos feitos à base de oliva incluindo cachaça, pimentas da Muru, cogumelos, queijos da Fazenda Atalaia, cachaça, bacon artesanal defumado, geleias e compotas da Bendito Fruto, molhos, antepastos e produtos sazonais da Collecta Brasil e até um autêntico pastelzinho de Belém.

Os visitantes puderam experimentar diferentes sabores a preços populares. Dentre os mais variados pratos desfilaram pelas barracas o lanche de porchetta do chef Cristiano Borgonovi, o hambúrguer do Seven e Bravus Burguer, o lanche de linguiça artesanal da Serra Mineira e muitas outras iguarias. Quem marca presença importante foi o recém chegado Simetria, restaurante instalado no Royal Palm Tower que arrebatou paladares com a costelinha com barbecue de goiaba e legumes e o Duo Royal (mini pudim e quindim). A Queima do Alho, nome dado a tradição da culinária típica das comitivas de peões de boiadeiro, cujo cardápio leva arroz carreteiro, feijão gordo, paçoca (farofa no pilão) e carne na chapa de ferro, tudo feito no arado em fogo de chão, já é uma tradição do evento e foi uma das barracas mais procuradas. O visitante pode ver de perto o modo de preparo e experimentar essa comida que era feita pelos tropeiros por ser simples, prática e de muita “sustança”.

No domingo o chef convidado foi Erick Alsaro com sua Paella Caipira, prato que já se tornou marca registrada do “Sabores da Terra”. Nos dois dias de evento a equipe do curso de Gastronomia da Faculdade Max Planck, sob o comando do coordenador Caio Nunes cumpriu uma agenda de aula-show gratuita com receitas de dar água na boca. A Max Planck, uma das patrocinadores do evento, também foi anfitriã da Semana Acadêmica do festival que aconteceu de 26 a 30 de junho e reuniu 4 chefs renomados e 7 produtores rurais. Foram 5 dias num rico intercâmbio com a participação de 350 participantes. O fechamento foi no dia 3 de julho com uma aula fechada para profissionais e patrocinada pela Nespresso, que trouxe a premiada Barista Adelaide Cavalcanti.

Tradição Cervejeira

Somente cervejarias artesanais e que estão instaladas na região participaram do festival com o intuito de disseminar a boa cerveja artesanal e mostrar a diferença das mesmas frente as industrializadas. Os amantes de breja puderam degustar alguns dos estilos que serão oferecidos nas 5 cervejarias participantes: Chopp do Alemão de Indaiatuba, Berggren de Nova Odessa, Burgman de Sorocaba, Landel de Campinas e Cia. Razera de Bragança Paulista.

A atração ficou por conta da Brassagem de Cerveja feita no sábado pelo mestre cervejeiro Marcelo Crosta da Cervejaria Landel. Essa atração inaugurada na edição de Holambra, ocorre em todas as cidades sempre utilizando um ingrediente típico da região. Foi uma oportunidade única para os amantes de cerveja, uma vez que mostrou as etapas desse processo e a importância de cada passo para extrair a melhor bebida.

Completando o mix de atrações, o festival ofereceu uma agenda com shows de artistas locais e da região. O ponto alto foi no sábado a tarde com a apresentação da Orquestra de Viola Caipira da Secretaria Municipal de Cultura sob a regência de Jair Malaquias e com o show da banda local The Brothers que fez o encerramento no domingo.

Festival nas casas 

O Sabores da Terra possui um formato completo com 16 dias de duração envolvendo restaurantes, semana acadêmica e festa com feira de produtores. Em seu segundo ano na cidade, o evento aconteceu de 26 de junho a 9 de julho em 11 estabelecimentos de gastronomia. Os clientes puderam experimentar as melhores casas com menu fechado (entrada, prato principal e sobremesa) com valor fixo e acessível: R$ 45 almoço, R$ 55 jantar além dos combos de sobremesa a R$ 20 e combos de sanduíche R$ 25 . O segundo ano de Sabores da Terra representou um aumento de 15% a mais no movimento das casas em relação ao aumento do ano passado (35%).

 

 

Related posts:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *